Notícias

Polémica: Conflito sobre igualdade de género na Escola Secundária de Santa Maria da Feira

Redação
publicado há 4 dias
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Eduardo Couto, aluno do 11.º ano, do Curso Profissional Técnico Comercial, da Escola Secundária de Santa Maria da Feira lançou a polémica nas redes sociais, após receber o resultado do teste de Inglês.

Numa das questões, a docente pedia para que alguns acessórios fossem atribuídos ao género masculino ou feminino. “Mala de mão”, “boné” ou “cachecol”, são apenas alguns dos exemplos.

Leia também: Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos choca: «Menino veste azul e menina veste rosa!»

 

O aluno respondeu “ambos” e a professora discordou. No Facebook e segundo o Jornal de Notícias, o jovem justificou-se: «A roupa não tem género e vou bater-me por uma sociedade igualitária». «Apesar de não se mostrar recetiva à minha opinião, tentei explicar com exemplos práticos», mostrando que «era normal existirem mulheres com gravata ou homens com collants.»

Elogiado pela direção

A questão tornou-se viral na rede social já citada, o que levou a um esclarecimento por parte da diretora da instituição. Ao Jornal de Notícias, Lucinda Ferreira garantiu que nenhum dos intervenientes expôs o problema à direção da escola.

Leia também: Coleção de lápis com vários tons de pele tenta combater a desigualdade

 

Lucinda Ferreira garante ainda que não foi contactada pelo Ministério da Educação e realça a atitude do aluno por promover a discussão pública. «O Eduardo aproveitou o momento da aula para promover o debate. A nossa preocupação é preparar os alunos para a vida. E esta é a prova de que estamos a formar bem os nossos alunos», garante.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda