Notícias

3 crianças por dia pediram ajuda à APAV em 2018

Redação
publicado há 4 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima apresentou esta terça-feira, dia 26 de março, as Estatísticas APAV: Relatório Anual de 2018. A associação ajudou 941 crianças no ano passado, em média três por dia, que representam uma em cada dez pessoas nas mais de 9.300 vítimas de crimes.

A maioria das crianças (66,7%) são meninas, têm em média 11 anos, vivem numa família nuclear com filhos (34,8%), e são estudantes (80,2%).

Especificamente em relação aos crimes sexuais contra menores, a APAV registou 348 abusos sexuais de crianças, 15 de abusos sexuais de menores dependentes e 31 de pornografia de menores, havendo também 165 casos de violação de crianças ou adultos.

Mais vítimas

No ano de 2018, a APAV registou um total de 46.371 atendimentos, verificando-se um aumento de 31% no número de atendimentos de 2016 a 2018 – quando, de 2015 a 2017, se havia verificado um aumento na ordem dos 19%.

Verifica-se ainda, de 2017 para 2018, um crescimento de 1,8% no número de vítimas apoiadas pela APAV (de 9.176 em 2017 para 9.344 vítimas em 2018) e um pequeno decréscimo no número de crimes e outras formas de violência reportados (de 21.161 em 2017 para 20.589 em 2018).

A análise do relatório permite ainda aferir diferentes contextos da vitimação e tipos de vítimas: em 2018, a APAV apoiou 926 pessoas idosas (+65 anos) vítimas de crime (em média, três por dia e 18 por semana); 941 crianças e jovens (em média, três por dia e 18 por semana); 854 homens adultos (em média, 2 por dia e 16 por semana) e 5.173 mulheres adultas (em média, 14 por dia e 99 por semana).

LEIA TAMBÉM: Conheça o projeto inovador que promove a prevenção do abuso sexual em crianças

Os dados de 2018 indicam a manutenção da tendência de anos anteriores, com uma maioria de vítimas do sexo feminino (82,5%). Do total das 9.344 vítimas apoiadas pela APAV em 2018, 74,1% foram vítimas de violência doméstica (6.928). Destacam-se ainda, por tipo de crime, crimes de violência sexual, nomeadamente o abuso sexual de crianças (348 crimes), o stalking/perseguição (470 crimes) e o cibercrime (41 crimes).

No âmbito da formação e da sensibilização e prevenção da violência, foram ministradas 1.100 atividades formativas, abrangendo 26.238 formandos/participantes.

Sendo a maior organização nacional sem fins lucrativos de apoio à vítima de crime, seus familiares e amigos/as, a APAV pretende contribuir, com a apresentação deste relatório, para um maior conhecimento das realidades da criminalidade e da vitimação em Portugal.

Veja um dos vídeos das campanhas da APAV:

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda