Notícias

Sem queixo e com pernas viradas ao contrário. Outro caso do médico do bebé sem rosto

Redação
publicado há 3 semanas
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Laura Afonso foi mãe em 2011 e tal como os pais de Rodrigo- o bebé que nasceu com malformações graves em Setúbal- foi surpreendida ao ver que a filha não era «perfeitinha e saudável» como o médico obstetra – o mesmo que seguiu a gravidez da mãe de Rodrigo, Artur Carvalho – lhe tinha dito.

Luana nasceu sem queixo, com as pernas viradas ao contrário, dedos dos pés colados, lesões cerebrais graves. Quando Laura Afonso, a mãe, a foi ver à incubadora, três dias após o nascimento, foi pedido aos pais das outras crianças para saírem da sala. A incubadora estava ligeiramente tapada, mas foi o pai da menina que se apercebeu de que algo estaria errado.

«Não queria acreditar que era a minha filha»

«Estás preparada?», questionou o pai da criança. Quando olhou para a bebé, o choque foi enorme. «Eu não queria acreditar que era a minha filha. Não era esta a bebé que o médico dizia perfeitinha e saudável», conta ao Correio da Manhã.

Tal como aconteceu no caso de Rodrigo – o bebé sem rosto, o mesmo médico fez cinco ecografias e não detetou nada de errado. «Fiquei louca, pensei que me queriam dar uma criança que não era minha», acrescenta Laura.

«Estava sempre tudo bem»

Durante a gravidez era seguida num centro da saúde da Amadora, mas foi encaminhada para uma clínica com protocolo com o Serviço Nacional de Saúde.

Foi nessa altura que começou a ser seguida por Artur Carvalho. «Estava sempre tudo bem», recorda.

Leia o resto da história, no Portal de Notícias Impala.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda