Notícias

Menina autista leva gato de peluche ao veterinário e ele atende o boneco

Redação
publicado há 4 semanas
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

O mundo está encantado com a atitude de Dr. Maier. Com extrema simpatia, este veterinário de uma clínica de Washington, nos Estados Unidos da América, atendeu um gato de peluche.

Parece estranho? Mas não é! Nós explicamos!

O gatinho “doente”

A pequena Jazmine, de apenas seis anos, é a “dona” de Donnie, um pequeno gatinho de peluche, que é o companheiro da criança em todas as horas.

Segundo a menina que tem autismo, Donnie estava “doente”. Ao ver o sofrimento da filha, a mãe não pensou duas vezes em ligar para uma clínica veterinária a marcar uma consulta.

E sim! A consulta foi realizada.

«Cuidados para ter em casa: dar amor extra e carinhos até que ele esteja melhor»

O Dr. Maier foi quem, simpaticamente, atendeu o animal. Na página da clínica nas redes sociais foi divulgado um relato de como tudo aconteceu.

«Informações do paciente: Donnie, gato doméstico; Reclamação: magoado na pata direita da frente; Exame físico: coração e pulmões normais; Tratamento: ligadura na pata direita da frente durante uns dias; Cuidados para ter em casa: dar amor extra e carinhos até que ele esteja melhor», escreveram. «Depois de um exame minucioso e um curativo rápido, esperamos que o Donnie fique completamente recuperado», dizem na publicação.

O episódio foi um sucesso nas redes sociais e o veterinário ficou com imensos fãs. «Que belo exemplo de bondade pura», comenta uma pessoa. «Certamente um momento para ser lembrado para sempre, não é?», escreve outro.

 

Fotos: Pioneer Veterinary Clinic/Susie Efigenio

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda