Notícias

Funcionária despedida por dar almoço a aluno que não tinha dinheiro, mas acabou por ser compensada

Redação
publicado há 4 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A história de Bonnie Kimball está a dar que falar um pouco por todo o mundo. A funcionária de uma cafetaria escolar em New Hampshire foi incapaz de negar o lanche a um menino que não tinha dinheiro… e acabou despedida!

Bonnie, que trabalhava na caixa da cafetaria da Escola Secundária Mascoma Valley Regional, decidiu oferecer comida a um aluno que percebeu na hora não ter dinheiro no cartão.

«Diz à tua mãe que a tua conta está sem dinheiro», terá dito ao jovem a funcionária, em voz baixa.

Dias depois do sucedido, a funcionária foi questionada pela administração e recebeu a notícia do despedimento, o que a deixou surpreendida.

Mais tarde, a mulher recebeu um documento oficial por parte dos recursos humanos da instituição com a justificação para o seu despedimento. Segundo alegam, «o seu comportamento violava os procedimentos do serviço de caixa, as políticas de cobrança da escola e a regulação federal para refeições à borla».

Entretanto, o porta-voz da empresa responsável pela concessão do espaço disse que jamais «autorizaria um empregado a não dar de comer a um aluno ou a um funcionário» e que Bonnie «não seria despedida por este gesto».

No entanto, Bonnie foi mesmo despedida e ficou sem emprego dois meses. Porém, esta história teve um final feliz e surpreendente. A senhora recebeu uma proposta de emprego muito especial. Através do Twitter, o Chef José Andrés convidou-a para trabalhar no seu espaço sem fins lucrativos, o World Central Kitchen. «Bonnie Kimbal é uma heroína. Se ela quiser um emprego as nossas portas estão abertas», escreveu após a história da mulher se ter tornado viral.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda