Gravidez

Campanha viral sobre maternidade: «Um corpo perfeito é aquele onde vive uma Mãe feliz!»

Andreia Costinha de Miranda
publicado há 8 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Inês Maia tem 27 anos é co-responsável do projeto “Pais a Bordo” e autora do Blog Eu, agora Mãe. 

Para além deste dois projetos, decidiu aliar ao blogue uma campanha que não está a deixar ninguém indiferente.

O que são, afinal de contas, mulheres reais?

Muito se tem falado de “mulheres reais”. E o que são, afinal de contas, mulheres reais? São as altas, as baixas, as magras, as mais gordinhas, as com ou sem celulite, as com ou sem estrias… No final de contas… todas são reais!

Mas por forma a querer desmistificar os corpos durante e pós-gravidez, Inês criou uma campanha especial devido à sua experiência pessoal. «Quando tinha 12 anos, um dia, na escola, por causa da minha obesidade, um miúdo com maldade, perguntou-me se era assim tão gorda por estar grávida. Fiquei tão magoada que deixei de comer. Fazia exercício às escondidas. E assim perdi 12 quilos em pouco mais de um mês. Travei esta luta durante muito anos», começa por contar ao site Crescer.

Mas este problema continuou. «Travei esta luta durante muito anos até ser mãe e voltar a enfrentar este meu “fantasma” do excesso de peso. Engordei 23 quilos e levei mais de dois anos a voltar o meu peso “normal”. Esta condição, entre outros aspetos, levou-me a passar por um Burnout materno no primeiro ano de vida do meu bebé», continua.

Este processo e a superação do mesmo, fizeram com que hoje, Inês seja responsável pelo projeto já citado, de apoio a Pais em esgotamento e depressão, o Pais a Bordo.

«Gosto muito de mim, mas levei muito tempo a chegar até aqui»

Hoje, Inês tem 27 anos, um filho de três aninhos e aceita o corpo que tem, «finalmente e sem qualquer vergonha.» «Aceito as marcas de um corpo que gerou vida, de um corpo que carrega cicatrizes de uma doença (endometriose), de um corpo que faça eu o que fizer, jamais será o mesmo. Gosto muito de mim, mas levei muito tempo a chegar até aqui. Agora que me aceito, chegou a altura de motivar outras mães a fazê-lo», realça.

E foi assim que nasceu a campanha “Nós, agora Mães”, porque «um corpo perfeito é aquele onde vive uma Mãe feliz.»

«No dia 1 de dezembro de 2018 desafiei um grupo de Mulheres fantásticas! Pedi-lhes que me ajudassem a aceitar o meu corpo. E que também elas aceitassem os seus. Juntas, descobrimos que a maternidade é uma realidade que vai muito além da nossa imagem», finaliza.

Desta forma, nasceu a campanha que pode ver em baixo e que não deixa ninguém indiferente.

 

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda