Saúde

Os 9 erros diários que estragam o cabelo sem nos apercebermos

Redação
publicado há 3 semanas
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Descubra os erros que cometemos todos os dias, sem nos apercebermos, e que impedem o cabelo de crescer forte e saudável.

O cabelo está exposto todos os dias a agressões e muitas delas são provocadas por nós. Sem nos apercebermos, com pequenos gestos, desgastamos as fibras e enfraquecemos os fios de cabelo. Lavá-lo com um champô indicado para o tipo de cabelo não chega.

A revista Hola partilhou uma lista com nove erros que cometemos todos os dias sem nos apercebermos. Descubra-os e saiba como evitá-los.

A hora de dormir

Claro que dormir é fundamental para manter a mente e o corpo sãos. Um cabelo saudável exige também que se respeitem as oito horas de sono recomendadas, mas há uma grande inimiga do cabelo na hora de deitar: a almofada. O atrito entre o cabelo e a almofada, que provoca aquele frisado matinal, enfraquece [e muito] o cabelo. Uma solução para isso é optar por almofadas de seda ou de tecidos mais suaves. Prender o cabelo também é um erro muito comum que as mulheres cometem. Os elásticos partem o cabelo em qualquer altura, mas durante a noite, e exatamente pela fricção com a almofada, ainda parte mais. Evite também deitar-se com o cabelo muito molhado. O cabelo molhado fica muito mais frágil e parte com muito mais facilidade

As lavagens

Existem teorias diferentes sobre as lavagens do cabelo: há quem defenda que se deve lavar o cabelo todos os dias, outros defendem que é preferível lavar apenas duas ou três vezes por semana. A verdade é que o excesso de lavagens elimina os óleos naturais do cabelo, essenciais para proteger as raízes e manter o cabelo hidratado. Também não se deve lavar o cabelo com a água demasiado quente para não queimar o couro cabeludo. Quanto mais fria estiver a água, melhor!

Após lavagem

Antes de secar o cabelo há a tendência de esfregá-lo com a toalha para tirar o excesso de água. Isso é de evitar: a fricção da toalha danifica a fibra do cabelo e é uma das principais razões das pontas espigadas. A alternativa ideal e deixar o cabelo enrolado na toalha durante uns tempos e quando tirar não esfregar. Ou então utilizar uma camisola de algodão velha para tirar o excesso de água. O algodão é um tecido suave e não agride as fibras capilares.

Secadores, modeladores e alisadores

Os secadores, modeladores e alisadores são, sem dúvida, os melhores amigos de um cabelo penteado. Mas, no entanto, são muito agressivos para o cabelo, uma vez que exigem a exposição a temperaturas elevadas. Não há problema em utilizar uma vez ou outra, mas não deve tornar-se um hábito. É importante que estes instrumentos nunca excedam os 180 graus e que, no caso do secador, este esteja o mais afastado possível do cabelo. Nunca alise ou seque o cabelo com ele excessivamente molhado. O cabelo molhado é mais frágil e vai partir-se com muito mais facilidade com o choque térmico. O ideal é deixar secar o cabelo naturalmente.

Cabelo desidratado

O cabelo precisa de 15 a 17 por cento de água para ser saudável. E, por mais estranho que pareça, a melhor forma de garantir a hidratação do cabelo é hidratando-se por dentro, isto é, beber água! Comer alimentos ricos em água e fibra também é essencial para manter um cabelo forte e saudável. Para complementar, existem óleos e máscaras para o cabelo que ajudam a mantê-lo hidratado. Opte por produtos com componentes como a manga, o abacate, o coco ou o mel. Os sérums reparadores de pontas espigadas também são bons para hidratar o cabelo e aplicam-se a seco.

Cortar o cabelo

Custa sempre cortar o cabelo. Mas a verdade é que não devemos deixar exceder as três semanas sem o cortar, nem que seja só «as pontinhas». Só desta forma é que se consegue evitar que as fibras partam e que o cabelo cresça forte, saudável e mais rapidamente.

Pintar o cabelo

Já todas as mulheres sentiram vontade de pintar o cabelo, de fazer uma mudança. Seja qual for o tipo de coloração, todas elas são compostas por químicos [mesmo as que dizem não ter amoníaco têm químicos] que estragam o cabelo e que o desidratam. É claro que não vamos deixar de pintar o cabelo, mas é preciso ter em conta que, quando pintamos, temos que o hidratar a dobrar! Condicionadores, óleos e máscaras são os melhores amigos do cabelo pintado. E com o cabelo pintado também se deve ter mais atenção às temperaturas a que expomos o cabelo, bem como às vezes que o lavamos.

Os penteados

Todas as mulheres gostam de fazer penteados para se sentirem mais bonitas ou para conjugarem com um look especial, num momento especial. Mas os penteados são, também eles, de evitar. Os elásticos, os ganchos, as fitas e as bandoletes partem o cabelo e enfraquecem as raízes. Sempre que possível, evite e opte por usar o cabelo totalmente solto.

A alimentação

A comida é uma grande influenciadora do nosso estado de saúde e, como não podia deixar de ser, do bem-estar do cabelo. Há alimentos capazes de dar brilho ao cabelo. As proteínas são importantíssimas para que o cabelo cresça forte e que a fibra capilar fique mais grossa e resistente às agressões diárias.

O estado do cabelo é essencial para ter uma boa auto-estima, principalmente nas mulheres. Aproveite as dicas para não massacrar mais o seu cabelo com coisas desnecessárias e cuide-o para que possa ter o cabelo perfeito que sempre desejou.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda