Saúde

Hospital de Braga ajuda a prevenir «olho preguiçoso»

Redação
publicado há 9 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

O Projecto Pimpolho | Projeto de Prevenção da Ambliopia no Município de Braga pretende despistar a Ambliopia a todas as crianças de Braga, que frequentam estabelecimentos de ensino público ou privado, com idades compreendidas entre os três e quatro anos – idade em que esta patologia pode ser revertida.

Com este projeto as entidades promotoras pretendem promover o despiste da ambliopia, uma patologia que pode, se não for tratada, afetar para sempre a saúde e qualidade de vida da criança. A avaliação oftalmológica será desenvolvida por um médico oftalmologista e um técnico ortoptista nas instalações do Serviço de Oftalmologia do Hospital de Braga.

O que é a ambliopia?

A ambliopia é uma doença exclusiva da infância e apenas tratável nesta faixa etária. O sucesso do tratamento da ambliopia pode atingir quase 100 por cento. O não tratamento na idade pediátrica acarreta cegueira, baixa visão, ou visão subnormal, não passível de ser corrigida para o resto da vida, isto é, mesmo com posteriores cirurgias, correção ótica ou outros tratamentos, essa criança ficará para sempre sem visão normal.

A ambliopia é acuidade visual baixa de um ou dos dois olhos causada por alterações que perturbam o normal desenvolvimento da visão durante um período crítico. É tratável até aos 60 meses (cinco anos), sendo o seu tratamento menos eficaz depois desta faixa etária.

A importância do Projeto Pimpolho | Projeto de Prevenção da Ambliopia

O «Pimpolho – Projeto de Prevenção da Ambliopia», é o 1.º projeto em Portugal a despistar a ambliopia com uma única consulta e no período dos três aos quatro anos de idade. Este projeto de deteção precoce da Ambliopia – doença silenciosa e de difícil deteção pela família das crianças – iniciou no ano de 2014 em parceria com a Câmara Municipal de Braga e por ele já passaram milhares de crianças, provenientes de mais de centenas de escolas. Deste universo foi possível concluir que «em cada 20 crianças, uma tem ambliopia». Esta doença, exclusiva da infância e mais conhecida por ‘olho preguiçoso’, se não for tratada é irreversível e pode mesmo levar à cegueira.

«Mais de 90 por cento das crianças diagnosticadas com ambliopias nunca tinham dado qualquer sinal que algo poderia não estar bem com a sua visão. Mesmo as crianças que têm ambliopia nos dois olhos – o que é mais raro – estão perfeitamente adaptadas a esse tipo de visão e como não têm grandes exigências visuais, ninguém se apercebe. A criança vai fazendo as suas tarefas básicas adaptada à visão que tem e que considera normal», explica Sandra Guimarães, oftalmologista pediátrica e mentora do projeto.

O ‘Pimpolho’ permitiu, ainda, detetar outras doenças oftalmológicas, tais como estrabismo, astigmatismo, hipermetropia, entre outras alterações. Todas as situações foram encaminhadas com uma carta aos encarregados de educação aconselhando uma consulta de oftalmologia.

Este projeto de prevenção, que não seria possível sem a parceria entre as câmaras municipais e o Hospital, permite à criança uma deslocação ao Hospital em ambiente descontraído, em formato de ‘passeio escolar’, evitando o acompanhamento dos Pais, sem perdas de tempo de trabalho, diminuindo, assim, custos relevantes para as famílias e para a sociedade.

Saiba mais sobre este projeto, aqui.

 

Fonte: Hospital de Braga 

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda