Família

A Operação Nariz Vermelho está a chegar às salas de cinema

Redação
publicado há 3 semanas
0
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um verdadeiro ‘murro no estômago’, intenso e arrebatador, é o que se pode esperar do documentário ‘Doutores Palhaços‘, da produtora portuguesa Força Maior, que estreia nas salas de cinema dia 22 de novembro.

Onde o sofrimento impera, os Doutores Palhaços, especialistas em sorrisos, avivam a esperança e aliviam a dor aos pacientes, familiares e corpo clínico dos hospitais.

O seu efeito junto de quem mais precisa é desvendado ao longo do documentário, que acompanha as equipas presentes em cinco dos quinze hospitais nacionais abrangidos pelas visitas da Operação Nariz Vermelho: o IPO de Lisboa, Hospital D. Estefânia, Hospital Amadora-Sintra, Hospital Pediátrico de Coimbra e Centro Materno Infantil do Norte.

De que fala o filme?

 

O filme explora a missão dos Narizes Vermelhos, desde a sua fundação, em 2002, altura em que Beatriz Quintella, a Dra. Da Graça, propôs ao Hospital D. Estefânia levar a sua personagem de palhaço às crianças, até aos dias de hoje.

Ao alcançar o 15.º aniversário, em 2017, a Operação considerou ter chegado o momento de dar a conhecer ao público a experiência destes ‘portadores de sorrisos’.

Segundo o produtor e fundador da Força Maior, João Fonseca, acompanharam «o dia-a-dia de 11 palhaços.» «Conseguimos que partilhassem connosco as razões que os levaram a apostarem nesta missão, as suas experiências com crianças em tratamento e a forma criativa que vão encontrando para fazerem sorrir quem, tantas vezes, não tem vontade nem força anímica para tal.»

O produtor acrescentou ainda: «Esta notável equipa de palhaços, artistas profissionais, de diferentes idades, origens e percursos de vida, mostra-nos o empenho e o esforço de trazer sorrisos àqueles a quem a vida pregou uma rasteira demasiado cedo».

Além dos testemunhos de alguns dos palhaços, o documentário inclui depoimentos dos profissionais de saúde e dos familiares das crianças internadas, que sublinham a relevância do trabalho da Operação Nariz Vermelho, optando por não mascarar a realidade dura e crua das rotinas de cada um.

«Receber a visita particular de um Doutor Palhaço é uma experiência fantástica e muito especial para uma criança. Quando um palhaço entra num hospital é um evento tão inesperado que transporta as pessoas automaticamente para o momento presente. É esta a nossa maior dádiva, porque nesse espaço mágico tudo é possível», acrescenta Magda Morbey Ferro, diretora de comunicação da Operação.

O documentário tem a assinatura dos fundadores da Força Maior, contando com Hélder Faria e Bernardo Lopes na realização e João Fonseca na produção.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda