Bebés/Crianças

Tudo o que sempre lhe disseram sobre o sono do seu bebé, que não é verdade

Redação
publicado há 6 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Colocar um bebé a dormir nem sempre é fácil e toda a gente tem uma opinião para dar. Quantas vezes já saiu do almoço de família com a cabeça em água, sem saber o que fazer ou quem ouvir? Siga as dicas da psicóloga pediátrica Clementina Almeida, do projeto ForBabies.

O que diz a ciência sobre o sono do seu bebé:

Os bebés não devem dormir a noite toda

É verdade que nos custa muito todas as horas de sono que perdemos durante os primeiros tempos de vida dos nossos bebés, mas a verdade é que o facto do bebé se despertar durante a noite tem muitas vantagens. Uma das razões para que isso aconteça é que estão em pleno desenvolvimento cerebral e estão permanentemente a adquirir novas competências, o que os faz estar sempre muito “atarefados”, até durante a noite.

Dormir não é a coisa mais importante para o cérebro do bebé desenvolver-se 

Pode ser difícil de acreditar, mas é verdade. O que é que pode ser mais importante? Amor, estar de barriguinha cheia, o toque e respostas apropriadas às interações que fazem connosco. É certo que o cérebro precisa de descansar. Mas a verdade é que os primeiros anos são fundamentais para o desenvolvimento emocional do bebé. Todo o amor e atenção que dermos ao bebé vai refletir-se depois na pessoa que ele se vai tornar e vai até prevenir doenças do foro psicológico.

Como pais, está na hora de entendermos que o bem estar psicológico dos nossos filhos é tão importante como o seu bem estar físico. Esta fase em que pouco consegue dormir vai durar pouco tempo (embora agora possa parecer uma eternidade) comparando com todos os anos que tem pela vida com o seu filho, mas a sua capacidade de resposta e afeto vão ficar marcadas nele para sempre.

Os bebés não são capazes de se acalmarem sozinhos

Para nós, adultos, é relativamente fácil e intuitivo fazer qualquer coisa para nos acalmarmos. Quando ficamos nervosos ou angustiados com alguma coisa, podemos conversar com alguém, ler um livro ou até ir dar um passeio para relaxar. É assim que nos acalmamos. Mas o bebé não consegue fazer nada disso sozinho. É aí que ele precisa de si. Como o seu cérebro ainda está em desenvolvimento, não está pronto para se autorregular e as emoções são completamente avassaladoras. Ao deixar o seu bebé a chorar, ele vai acabar por adormecer a uma certa altura, mas isso não quer dizer que seja porque se acalmou, provavelmente ficou só exausto. E este processo de choro inatendido tem um impacto altamente negativo para o seu desenvolvimento cerebral.

Lembre-se: o importante é sempre seguir o seu instinto, ele sabe o que é melhor para o seu filho.

Texto: Psicóloga pediátrica Clementina Almeida, mentora do projeto ForBabies, Especialistas em Bebés

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda