Alimentação

Se o seu bebé bebe por biberão, tem fortes hipóteses de vir a ser esquerdino

Redação
publicado há 3 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Sabia que os recém-nascidos que são alimentados através de biberão têm mais probabilidade de se tornar esquerdinos? As conclusões são de uma nova pesquisa realizada pela universidade de Washington.

Para o estudo, publicado no Laterality: Asymmetries of Body, Brain and Cognition, foram analisadas 60 mil mães, e respetivos filhos. O desafio era algumas alimentarem os bebés com biberão e outras com maminha.

Cerca de nove por cento dos bebés que amamentaram durante um mês revelaram ter poucas probabilidades de se tornarem esquerdinos. A percentagem aumenta se o período ultrapassar os seis meses de amamentação. A probabilidade de não serem esquerdinos aumenta ainda mais (cerca de 22 por cento) se o bebé for amamentado durante mais tempo.

«Acreditamos que a alimentação pela mama da mãe estimula o processo pelo que o cérebro passa, em termos de solidificação da tendência para o uso da mão esquerda ou direita», refere Philippe Hujoel, professor responsável pelo estudo, revelando que, relativamente a esta questão, o impacto no desenvolvimento do cérebro do bebé é maior se a mãe amamentar.

«Isto fornece-nos uma linha de evidência de que a amamentação deve durar de seis a nove meses. Após este período de tempo, a associação da amamentação com a tendência a ser esquerdino já não se verificava», conclui Philippe Hujoel, acrescentando que grande parte deste processo é desenvolvido ainda na fase fetal.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda