Bebés/Crianças

Sabe o que acontece ao cérebro das mamãs quando abraçam os seus filhos?

Redação
publicado há 2 semanas
0
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Para os nossos pequenotes, nós vamos ser sempre as melhores fornecedoras de abraços do mundo! Eles sabem, e confiam em nós para estar sempre disponíveis a dar daqueles abraços que quentinhos, bem apertados para os acalmar, dar segurança quando estão tristes, ou apenas a precisar de um bom colinho.

Pois é, todos nós temos este super poder de fazer com que os nossos filhos se sintam instantaneamente bem, independentemente de tudo.

Já muitas vezes falei sobre os benefícios de dar colo. Mas, sabia que esses abraços também são mágicos para si?

Os mais recentes estudos científicos descobriram que os abraços também têm um efeito positivo na nossa saúde emocional, especialmente quando estes ainda são recém-nascidos. Eles descobriram que o contacto pele com pele, também conhecido como o cuidado à Canguru, pode minimizar e inclusive ajudar a prevenir a depressão pós-parto, que afeta muitas mulheres em todo o mundo.

O mesmo estudo descobriu que o contacto pele com pele, que inclui abraçar, pode reduzir a ansiedade maternal e promover uma relação de vinculação segura entre a mamã e o seu bebé.

Mas desenganem-se se pensam que estes abraços maravilhosos melhoram apenas o humor das mamãs! Estes abraços mudam também a maneira como as mamãs agem perante os seus filhos. E fazem com que a relação mãe-filho se torne mais forte mais cedo, permitindo que a mãe reconheça melhor os sinais do seu filho (melhorando a comunicação entre os dois) e permite aos bebé reconhecerem mais rapidamente as mãe, tornando-os mais responsivos.

Porque é que os abraços de um bebé são tão mágicos? É devido aos químicos que temos no nosso cérebro.

As pesquisas demonstram que o ato físico de abraçar ou de dar as mãos ajuda as pessoas a sentirem-se menos stressadas. Isto deve-se ao facto de os níveis de cortisol (hormona do stress) baixarem muito quando estamos a ser tocados de uma forma carinhosa.

Abraçar os nossos bebés aumenta a libertação de ocitocina (também conhecida como a hormona do amor) que ajuda na aproximação das pessoas, aumenta a confiança, a relação e dedicação que damos a uma pessoa.

Por outras palavras: Os abraços melhoram a sua relação com o seu bebé.

Obviamente que as mamãs não são as únicas a terem benefícios por abraçarem os seus bebés. Os bebés têm grandes vantagens associadas a estes miminhos, uma vez que estes aumentam a sua sensação de bem-estar mental, emocional e físico. Um abraço pode ser um estimulante natural do desenvolvimento cerebral do seu bebé, aumentando também o seu sistema imunitário, ajudando-os a regular as suas emoções e aumentando a sua auto-estima.

Por isso, pare já de ler este artigo e vá a correr abraçar o seu bebé!

Bons miminhos!

 

 

 

Texto: Psicóloga pediátrica Clementina Almeida, mentora do projeto ForBabies Especialistas em Bebés
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda