Saúde

Problemas da tiroide em crianças: Uma realidade que merece a atenção dos pais

Filipa Rosa
publicado há 1 mês
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

As doenças da tiroide afetam mais de um milhão de portugueses. Todos os anos surgem mais de 400 casos de cancro da tiroide. E as crianças também são afetadas. Saiba como pode proteger o seu filho.

Segundo Inês Sapinho, autora do livro “Os Segredos da sua Tiroide”, as crianças também podem ter problemas da tiroide logo à nascença. Um dos rastreios realizados no “teste do pezinho” é o do hipotiroidismo. A especialista deixa o alerta para os cuidados que os pais devem ter com os mais novos. «Nas crianças, de acordo com as curvas dos percentis de peso e altura, o desenvolvimento adequado para a idade e sexo e o aproveitamento escolar são excelentes indicadores de boa saúde. Sempre que um destes indicadores sofre algum desvio, o pediatra ou médico assistente deve tentar esclarecer o motivo, nomeadamente avaliar a função tiroideia.»

A alimentação equilibrada, sobretudo a alimentação mediterrânica, com um excelente aporte de nutrientes, nomeadamente de iodo, é a que é mais adequada para as crianças, segundo explica a especialista. «Está ainda recomendado o uso de sal suplementado com iodo nas refeições nas cantinas escolares e é algo que, sendo de fácil acesso nos supermercados, os pais também podem optar por utilizar em casa», refere, acrescentando que os tratamentos aplicados às crianças são os mesmo dos adultos.

Os problemas da tiroide são hereditários? «A história familiar é importante, mas não quer dizer que se um ou os dois pais têm doença da tiroide, o filho vai obrigatoriamente ter problemas de tiroide», diz.

Tiroide na gravidez

A gravidez é um momento especial, durante o qual o organismo sofre várias adaptações. Ao longo da gestação há que ter alguns cuidados. «A tiroide sofre várias alterações fisiológicas adaptativas e que depois são reversíveis. Neste período, as necessidade de iodo, mineral fundamental para a síntese de hormonas tiroideias estão aumentadas, pelo que a Organização Mundial de saúde e a Direção Geral de Saúde recomendam a suplementação com Iodo a todas as grávidas, que não tenham doenças da tiroide conhecida», explica Inês Sapinho.

«As mães com problemas da tiroide devem sempre avaliar a sua função tiroideia quando ponderam a gravidez, e esta função deverá ser optimizada pelo Endocrinologista que fará as recomendações necessárias a cada caso. Tanto no Hipotiroidismo, como no Hipertiroidismo são necessários ajustes na medicação no decorrer de toda a gravidez.»

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda