Notícias

Pais de Beatriz precisam de 230 mil euros para afastar de vez o cancro da filha

Filipa Rosa
publicado há 8 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Beatriz Farmer-Maia é filha de pai português e mãe britânica. Com apenas dois anos diagnosticaram-lhe um tipo de cancro raro, que abalou toda a família. Depois da quimioterapia intensiva, os pais da menina, de três anos, estão agora a tentar angariar cerca de 230 mil euros para um tratamento que evita o regresso do cancro.

Beatriz, que vive com os pais e a irmã mais velha em Londres, tinha apenas dois anos quando os médicos descobriram que ela tinha um neuroblastoma de alto risco, com uma hipótese de 40 a 50 por cento de sobrevivência a longo prazo. Este é um tipo de cancro infantil que se forma em certos tipos de tecidos nervosos. Quando é classificado na categoria de alto risco, significa que as células cancerígenas já se espalharam para outros locais do corpo.

LEIA TAMBÉM: Imagens fortes de mulher com cancro da mama a rapar o cabelo tornam-se virais

Ao início, os médicos achavam que Bibi, como é carinhosamente tratada, tinha tido febres altas devido a um vírus. A febre durou quatro semanas. Mas quando começou a deixar de andar, porque as suas pernas doíam, a preocupação aumentou.

Foi no Whittington Hospital, em Archway, que os pais receberam o pior dos diagnósticos. A filha tinha um caroço que os médicos suspeitavam ser um cancro infantil. A quimioterapia intensiva começou no Hospital Great Ormond Street no dia seguinte, em setembro de 2018. Está internada desde então, passando o aniversário e o Natal lá.

A angariação de fundos

A família de Beatriz precisa agora de 230 mil euros para evitar o regresso do cancro, através de um tratamento especial. A instituição especializada em neuroblastoma Solving Kids ‘Cancer está a ajudar. «Haver uma possibilidade de salvar a nossa filha é reconfortante. A Bibi é maravilhosa e incrível, ela quer ser a fada dos dentes quando crescer. E é realmente uma das pessoas mais engraçadas que conhecemos», refere a mãe de Bibi, Laura. «Eles são uma instituição de caridade incrível que ajuda famílias durante todo o tratamento. Ajudam ainda na pesquisa sobre a doença. Qualquer dinheiro que não usarmos será usado para pesquisas, para ajudar outras crianças. E isso é importante para nós.»

Para ajudar e doar, consulte justgiving.com/campaign/beatriz

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda