Família

O papel das famílias no processo de ensino

Redação
publicado há 2 semanas
0
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Quando se fala cada vez mais da família e do seu papel, eis a questão…

A família enquanto instituição de educação tem vindo a perder as dinâmicas da consolidação das regras e dos valores. A relação família é vista em função de determinados ambientes ou culturas.

A relação entre a educação e a classe social vai mostrando ainda um certo conflito entre a finalidade socializadora. A organização da própria família em relação à escola, relação escola-família, existindo pouco envolvimento parental, faz com que as práticas de implicação e responsabilização sejam comprometidas.

A família possui e vai continuar a ser, o elemento essencial na educação. Ela é e será sempre o elemento fundamental no processo educativo e um dos agentes de socialização. Compreender os níveis de participação das famílias, do contexto de modernidade vai ajudar a perceber melhor o grau de envolvimento de empenho e dedicação à família.

A família, hoje em dia, tem vindo a ser comprometida pela vertente económica, pelas mais variadíssimas ofertas, pela falta de tempo, por existir muita oferta, muita diversidade. Não se criam espaços de dedicação à família.

Esse espaço foi criado há muito tempo, mas a vertente económica, ganhou-o. Os grandes centros comerciais, as catedrais consumistas, vieram pôr em causa o dia dedicado à família, o domingo, que era o espaço onde se aproveitava para conviver, descontrair, para refletir e partilhar.

Era um período essencial para se usufruir das aprendizagens dos valores e partilhas. Dar espaço à FAMÍLIA devia ser a nossa primeira prioridade, devia mesmo ser a nossa base. Mas nem sempre é assim. Infelizmente os centros comerciais, etc, deviam fechar ao domingo à tarde para se poderem voltar a reencontrar os valores das famílias na nossa sociedade.

Toda esta envolvência levaria a um processo de autoconhecimento familiar, tempo de reflexão e partilha, levando as famílias a um maior envolvimento parental, compreensão dos conceitos e estabelecimento de práticas de relação e envolvimento parental.

A família é e será um espaço grandioso onde se permite desenvolver os principais contextos humanos, sendo um apoio na abordagem dos problemas, ajudar no conhecimento, reflexão sobre atitudes e estratégias …. O futuro incide em dar à Família o  espaço que é dela…

Permite-se assim que os parceiros sejam insubstituíveis “na partilha” de responsabilidades, unindo esforços, partilhando objetivos e perceberem que esta é uma aliança fundamental e cada vez mais urgente: “dar espaço à família para se reencontrar”, sendo de extrema importância para as famílias, reconhecendo a existência de um mesmo bem comum à sua valorização.

 

Texto: Bruno Trindade, Investigador

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda