Histórias Online

«Nunca digam a frase “Ai se fosse meu filho…” porque um dia cai-vos tudo em cima!»

Histórias Online
publicado há 2 semanas
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Fosse num supermercado, na rua, num parque ou em qualquer zona pública, quando ouvia uma criança a gritar ou a fazer birra, dizia para os meus botões ou para quem estivesse ao meu lado: «Ai se fosse meu filho…»

Disse-o muitas vezes! Critiquei muitas vezes! Até que, por obra do destino – ou do karma! -, meu caiu tudo em cima.

Leia também: «Carta para os Pais que implicam com as birras do meu filho»

Tenho uma filha de cinco anos, que de vez em quando “se passa da cabeça” e faz birras intermináveis. Seja onde for. Às vezes chora ela para um lado e choro eu para outro.

É desesperante. É horrível não conseguirmos controlar aquele pequeno ser. São horríveis os olhares reprovadores (sim, aqueles que eu também lancei a outras mães) e as opiniões alheias ao comportamento dos nossos filhos.

Leia ainda: «Uma vizinha tocou à minha campainha para se certificar que eu não maltratava o meu filho»

Antes de ser mãe achava que os pais tinham controlo em tudo o que os filhos faziam. Até que dei à luz e percebi que a realidade é bem diferente.

Não olhem para os outros meninos e para os outros pais, e muito menos reprovem as suas atitudes! Agora são eles, amanhã podemos ser nós.

E eu sou a prova disso!

Texto: Joana Garcia 

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda