Histórias Online

«Não sei como reagiria se soubesse que o meu filho era gay»

Histórias Online
publicado há 2 semanas
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Pode parecer preconceito, mas não tem nada a ver com isso. Pelo menos não sinto que o seja.

Sou mãe de um rapaz com 12 anos. E sempre nos demos tão bem… Tenho alguns amigos que são gays e frequentam a minha casa. O Rafael conhece-os e nunca estranhou o facto de haver casais do mesmo sexo. Claro que houve a fase das perguntas, mas ultrapassou-a bem.

Nunca tive qualquer preconceito com as diferentes orientações sexuais de cada um, mas ultimamente tenho refletido bastante sobre isto. E se o meu filho fosse gay? Reagiria da mesma forma descontraída? Claro que o apoiaria em tudo e estaria cá para ele. Mas a nossa sociedade ainda não está preparada para agir com naturalidade, como em outros países. Portugal ainda é muito retrógrado e tenho medo que ele sofra… na escola, na rua, no mundo do trabalho ou do desporto…

LEIA TAMBÉM: «O meu patrão disse-me que como eu estava em idade de ter filhos, não me deixava evoluir na empresa»

Tenho vivido angustiada com isto, até me sinto mal por desejar que ele não seja gay. Nem há razão para desconfiar disso, até porque nada indica que o seja. E se for está tudo bem na mesma. Estou cá para o abraçar sempre.

Mas confesso que, no fundo, iria custar-me não ser avó (de sangue, claro, porque poderia adotar), não ter uma nora, uma mulher que me perceba como nenhum homem o faz. Mas, claro, isso não interessa nada. Já estou a ser preconceituosa.

O que interessa é que ele seja feliz. Independentemente da sua orientação sexual.

 

Texto: Cândida Fragoso

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda