Histórias Online

«Não fui à festa do Dia da Mãe na escola do meu filho porque acho uma parvoíce»

Histórias Online
publicado há 2 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Sei que posso parecer “careta” por ter tido esta atitude, mas durante os seis anos do meu filho só fui a duas festas do Dia da Mãe.

Fui e não gostei. Não gostei porque acho que é uma parvoíce tudo o que envolve estes dias. Não faz sentido, para mim, estar a festejar com pessoas que não conheço de lado nenhum.

Não faz sentido estar a conviver com mulheres que, na maioria, olham umas para as outras de alto a baixo e preferem apreciar a roupa alheia do que brincar com os filhos nesse dia.

Não gosto do assinalar de determinadas datas que deviam ser celebradas todo o santo dia. Não gosto de pensar que estão a dar a ideia às crianças que a figura da mãe deve ser celebrada apenas naquele dia.

Leia também: «Pais, parem de fomentar a competição entre as crianças!»

Que fazem uma festa enorme para as melhores mães do mundo e se esquecem que elas existem o resto do ano. Não é isso que quero transmitir ao meu filho.

E nessas festas que as escolas fazem, detesto a aparente harmonia que todas têm entre mães e criancinhas. Que todas parecemos felizes, quando, na verdade, nem todas se “gramam” e também não têm paciência para os filhos dos outros.

Não irei a festas do Dia da Mãe na escola, enquanto for impingida esta celebração da forma que é.

Dia da Mãe é todos os dias… o resto é conversa.

 

Texto: S.I.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda