Notícias

Miriam tem paralisia cerebral devido ao vírus do herpes e precisa da sua ajuda

Filipa Rosa
publicado há 3 semanas
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A história da Miriam não deixou ninguém indiferente, quando o site Crescer contou em primeira mão a dura realidade desta menina de 12 anos com paralisia cerebral.

Sandra Domingos foi mãe aos 30 anos de uma menina saudável e sem qualquer problema de saúde. Com apenas oito meses, Miriam sofreu uma encefalite herpética, depois de estar em contacto com o vírus do herpes.  A mãe não esquece o momento em que soube do diagnóstico e ainda hoje se emociona a falar dos últimos 12 anos.

LEIA A NOSSA REPORTAGEM COM VÍDEO: Quando o vírus do herpes deixa uma bebé saudável com paralisia cerebral

Agora, Sandra Domingos recorreu às redes sociais para pedir ajuda. Miriam precisa de uma bicicleta adaptada para crianças com deficiência que custa quase 3.800 euros, valor que não consegue suportar. «É impossível poder comprar esta bicicleta, mas a minha filha iria ganhar autonomia, seria uma nova experiência, liberdade…», começa por dizer-nos. «Quando ela a experimentou foi incrível ver a sua reação. Ficou tão feliz! Ficou mesmo encantada… E só o sorriso dela vale tudo!»

Sandra ficou emocionada com os mais de mil euros que já conseguiu angariar em poucas semanas. «Fico emocionada com a bondade das pessoas… Tem sido muito difícil para mim suportar tudo sozinha. E esta bicicleta também servia para passearmos as duas, apanhar ar puro sem ser na cadeira de rodas. Seria excelente para o desenvolvimento dela. Os terapeutas dizem que na rua é quando ela recebe mais estímulos.»

Na página Miriam, a pequena Lutadora, decorre uma campanha de recolha de tampas e caricas para ajudar Sandra a pagar os tratamentos da filha. Por mês gasta cerca de 1500/600 euros, valor que dificilmente consegue suportar sem ajudas. «Neste momento estou em risco de perder tudo. Recebo pouco mais de 200 euros de subsídio de apoio à terceira pessoa e não consigo pagar as contas todas. São seis especialistas fundamentais para o desenvolvimento da Miriam…»

Depressão e problemas dos pais

Os últimos 12 anos têm sido «muito difíceis» para Sandra Domingos e o estado emocional alterou-se nos últimos meses. «Estou com uma depressão. Comecei com crises de ansiedade e fui ao médico. O meu pai também teve um grave problema de saúde e a minha mãe ficou desempregada. Eles sempre foram o meu pilar, são eles que tratam da recolha de tampas e caricas. Sem eles é difícil andar para a frente…», lamenta.

Sandra deixou de trabalhar para cuidar da filha a tempo inteiro. No entanto, a Segurança Social tem pressionado esta mãe a voltar ao trabalho e dá-lhe uma solução: «Querem que a Miriam vá para uma instituição, mas tudo acaba se assim for. Todos os tratamentos que ela faz deixam de existir, porque o apoio é outro… Tenho de cuidar da minha filha, porque não há ninguém que o faça melhor que eu.»

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda