Bebés/Crianças

Minimizar a ansiedade do regresso às aulas? É possível, para toda a família!

Redação
publicado há 3 semanas
0
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Terminadas as tão desejadas férias de verão, é hora de todos regressarem às suas rotinas diárias. Para uns o trabalho, para outros a escola.

As manhãs voltam a trazer consigo as correrias para que todos possam sair de casa a horas e muitas vezes esta fase é vivida com algum stress.

«O sucesso escolar e a felicidade das nossas crianças dependem, em larga medida, da estabilidade que os seus educadores lhes proporcionam. Sem dúvida que o regresso dos mais pequenos às aulas é um marco para toda a família pelos inúmeros desafios que naturalmente acarreta. É importante, por exemplo, planear o regresso às rotinas e desmistificar esta etapa da vida, tornando-o um momento divertido», explica Vera de Melo, CEO/Partner da Your People.

Algumas dicas para o regresso às aulas correr de feição

 

A Your People, empresa do Grupo Your sugere algumas dicas para que tudo corra de forma tranquila, assegurando a estabilidade que as crianças necessitam nesta etapa.

1- Dê o exemplo

Quando os pais estão calmos e serenos, é mais fácil que as crianças se sintam da mesma forma com o regresso à escola, por isso relaxe e transmita confiança.

2- Planeie uma visita

Antes do primeiro dia de aulas, organize uma visita à escola para familiarizar a criança com o ambiente escolar.

3- Envolva o seu filho na compra do material escolar

Crie um orçamento para o material escolar e estabeleça um valor máximo que não deverá ultrapassar. Converse com o seu filho e explique, o mais claramente possível, que existe um limite a cumprir, mas que a escolha de todo o material se pode ajustar dentro desse valor, mas deixe-os ter alguma liberdade de escolha. Ou seja, tente dar algumas opções ao seu filho: se quiser ter uma mochila mais cara, deverá escolher uns cadernos mais básicos e baratos.

4- Reintroduza gradualmente os horários de deitar e levantar

Durante as férias, a hora de adormecer e acordar ficam, por norma, adiados para horários mais tardios. Tendo em conta que esta ‘reprogramação’ dos ciclos de sono não se faz do dia para a noite, é conveniente que na semana antes do início das aulas comece a adaptar gradualmente os seus filhos aos novos horários de setembro. O mesmo é válido para os horários das refeições. Para manhãs mais calmas e sem correrias, aconselhamos a que para além dos pais, também os filhos tenham um despertador.

5- Crie um espaço dedicado ao estudo em casa

Para as crianças mais velhas, é importante que exista em casa um sítio próprio para a realização dos trabalhos de casa e para o estudo, que seja calmo, livro de ruídos e estímulos externos, como televisão e internet. Compre uma secretária confortável e com um preço competitivo, sem esquecer um candeeiro para iluminação direcionada e uma cadeira ergonómica. No caso das crianças mais novas, o princípio é o mesmo, mas o local de estudo poderá ser adaptado à mesa da cozinha ou da sala, para permitir um acompanhamento mais próximo dos pais.

6- Controle a ansiedade do seu filho

Todas as mudanças são geradoras de ansiedade. Ainda que o seu filho vá para o mesmo ambiente escolar existem sempre mudanças. A melhor forma de lidar com esta ansiedade é conversando, ouvindo os seus medos e receios. Não os considere ‘parvos ou sem razão de ser’, dado que para eles têm muita importância. Tente, em conjunto com o seu filho, analisá-los e encontrar possíveis soluções.

7- Relaxe e Divirta-se!

O regresso às aulas é um grande momento, mas é um momento que se vai repetir todos os anos, por isso nada de correrias, stress ou ansiedade. Prepare este momento com o seu filho a cada minuto, de uma forma divertida e única. Envolva-o atribuindo responsabilidades e privilégios e divirtam-se. Registem os momentos com fotos, para mais tarde recordarem.

 

Texto: Your People
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top