Histórias Online

«A minha filha estava com febre, dei-lhe remédio e mandei-a para a escola»

Histórias Online
publicado há 4 semanas
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Sei que vou ser motivo de crucificação, sei que são poucas as pessoas que percebem o que escrevo, mas também sei que há quem me critique e já tenha feito o mesmo.

A minha filha já chegou a estar com febre (estava com cerca de 38ºC), dei-lhe Ben u Ron e mandei-a para a escola. Não podia ficar em casa com ela naquele dia e o meu marido também não.

É horrível o que digo, mas não tinha com quem a deixar e não achei que fosse mesmo nada de especial. “Apenas” aqueles picos de febre que eles de vez em quando têm.

Leia também: «Os miúdos estão doentes… e não pode ser sempre a mãe a faltar ao trabalho!»

Agora, olhando para trás, felizmente foi mesmo apenas isso. Mas ainda assim, sei que a minha má atitude está lá. Sei que não foi correto tê-la mandado adoentada e ter escondido das educadoras que ela tinha tido febre.

Não me senti bem com isso, mas também não tinha outra alternativa naquele dia. O dia em que ia ter um evento que preparei durante meses a fio.

Leia ainda: «Eu e o meu filho estamos doentes e estou sem forças para cuidar dele» 

A minha filha está acima de tudo na minha vida, não duvidem. Mas, por achar que era nada de grave e, juntando isso à importância do dia a nível laboral, a minha opção foi essa.

Não é correto pôr o trabalho à frente esporadicamente, mas tenho a certeza que há quem me entenda… Pelo menos penso assim, para não me sentir tão mal comigo mesma.

Texto: Anónimo

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda