Educação

Menino autista escreve carta ao Pai Natal a pedir amigos: «As crianças odeiam-me por eu ser diferente»

Redação
publicado há 11 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Está a chegar a altura em que muitas crianças começam a pensar no que querem para o Natal.

Há quem peça brinquedos, há quem queira roupa, mas há pequeninos que surpreendem com pedidos que parecem ser tão simples, mas são, na verdade, mais importantes do que bens materiais.

Leia também: Autismo: 10 sinais que os pais devem ter especial atenção a partir dos 3 anos

Miguel é brasileiro e tinha apenas 12 anos quando escreveu uma carta diferente ao Pai Natal. A mãe, Cristina, fez questão de partilhar no Facebook o que o menino pediu na época natalícia de 2018.

A carta que (ainda!) comove o mundo

«Esta carta, o meu filho escreveu hoje para o Pai Natal. Se as crianças fossem ensinadas a ser tolerantes com as outras tachadas de diferentes e aprendessem a respeitar e a amar os colegas com as suas dificuldades de se adaptar socialmente, tenho a certeza que elas veriam o colega com outros olhos. Elas veriam como eles são doces e carinhosos. Iriam perceber que eles precisam de carinho, atenção, ajuda e principalmente de amor», escreveu Cristina na página Amigos do Miguel.

E depois partilhou a carta que o filho escreveu e que se tornou viral.

Em jeito de agradecimento, Cristina também deixou uma palavras a todos os que apoiaram a causa de Miguel. «Fico muito feliz por tanta demonstração de amor e solidariedade. Sem vocês seria impossível realizar o desejo de Natal do meu filho», escreveu há um ano.

A carta de Miguel contou com milhares de partilhas e reações e cerca de 10 mil pessoas seguem a página de Miguel, tornando-se assim “amigos” como ele tanto queria.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda