Histórias Inspiradoras

Histórias Inspiradoras: Mãe cria projeto inovador que ajuda quem viaja com crianças

Andreia Costinha de Miranda
publicado há 2 meses
3
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Vera Ferreira da Cunha tem 31 anos e vive em Lisboa. É mãe de um menino de dois anos, está grávida de quatro meses e tem também uma cadelinha de quatro anos.

Juntamente com o marido, Pedro, arregaçou as mangas e criou um projeto inovador. «Despedi-me do meu trabalho de quatro anos como responsável por um clube de padel em Lisboa para me dedicar ao projeto da Let’s go baby», começa por nos contar.

E em que consiste então este negócio? «A ideia surgiu pouco tempo após o meu filho nascer. Viajamos para Berlim, na Alemanha, quando ele tinha quatro meses e a logística foi bastante complicada que resultou em várias questões e dúvidas: saber se o hotel tinha cama e que tipo de cama, se podíamos levar o ovo e o chassis no avião ou se ia para o porão, se podia levar uma alcofa ou um carrinho para os passeios, se podia comprar fraldas quando chegasse (e onde) para não ocupar metade da mala, como ia ser a hora do banho, como podíamos aquecer o leite durante a noite, entre muitas outras», diz.

E continua: «Embora eu seja até bastante prática, há pequenos detalhes que não quero prescindir, seja para o meu conforto seja para o conforto do meu filho. Houve um fim de semana que também tive que trabalhar num evento e não tinha ninguém com quem deixar o meu filho. Durante semanas andei à procura de alguém que me emprestasse uma alcofa para não ter de utilizar o ovo durante todo o dia. E foi assim que surgiu a ideia de criar uma empresa que alugue equipamentos de bebé.»

Portugal aquém da realidade europeia 

Vera começou a trabalhar no projeto em abril de 2018 e o site foi lançado a 1 de outubro do mesmo ano. Assim nasceu a Let’s go baby. «É uma start-up portuguesa que tem como objetivo ajudar as famílias a viajarem para/em Portugal de forma light e confortável, sem terem que pensar em tudo o que precisam de levar. Queremos tirar o peso das malas e diminuir toda a logística que é viajar com crianças. Este serviço é válido para turistas mas também para famílias portuguesas em contexto de férias grandes, fins de semana em casa dos avós ou de amigos e mesmo, tal como me aconteceu, para motivos profissionais», explica a empreendedora.

Em Portugal existem poucas empresas do género. Uma realidade bem diferente daquela que já existe noutros países europeus. «As grandes cidades europeias já têm empresas que alugam equipamentos de bebé e algumas já têm 8, 9 e 10 anos. Posso dizer que o nosso país ainda está “aquém” porque tenho tido um enorme desafio a fazer com que, por exemplo, os hotéis e alojamentos locais, entendam o valor acrescido que o nosso serviço tem para os seus clientes. Muitos crêem que apenas o berço e a cadeira de papa são suficientes para manter o conforto que as famílias têm em casa», avança.

E que produtos existem no site da Let’s go baby? 

Existem cinco categorias com uma grande variedade de produtos para diferentes idades e com diferentes características.

Vamos passear:
Marsúpios, mochilas e carrinhos de passeio, duos (conjuntos de alcofa+carrinho) e trios (conjuntos de cadeira auto+alcofa+carrinho).

Hora da papa:
Cadeiras de refeição, cadeiras de mesa, aquecedores de biberões, conjuntos de papa e robot de cozinha

Bebé a bordo:
Cadeiras auto para os diferentes grupos (0, 1, 2 e 3) e isofix

Hora de dormir:
Camas de viagem, redes mosquiteiras, barreiras de cama, almofadas, intercomunicadores com e sem vídeo, luzes de presença e painéis projetores

Vamos brincar:
Espreguiçadeiras, parques, tapetes de brincar, triciclos

Hora do banho:
Banheiras normais, banheiras para lavatório e vários conjuntos de banho

Também existem outros produtos que são apenas para venda pois são demasiado pessoais, como são exemplo as toalhitas, biberões, etc.

Como funcionam os alugueres dos produtos e em que locais a Let’s go baby entrega?

«Através do nosso website, www.letsgobaby.pt, o cliente seleciona os produtos que pretende alugar, escolhe o número de dias de aluguer para cada produto selecionado, indica o local de entrega e seleciona o método de pagamento (transferência, cartão de crédito ou Paypal). Após este processo, a Let’s go baby entra em contacto com o cliente a solicitar a morada de entrega e confirma a encomenda», revela Vera.

E quanto aos locais de entrega… «Garantimos entrega em todo o distrito de Lisboa, sendo que existem diferentes taxas de entrega consoante o local de entrega. Por exemplo, dentro da cidade de Lisboa são 10 euros e no aeroporto de Lisboa são 15 euros. Fora do distrito de Lisboa apresentamos orçamento, pois vai depender da distância e da quantidade de produtos. Também prestamos um serviço de apoio aos turistas que precisam de produtos específicos e que os queiram ter logo que cheguem a Portugal. Por exemplo de farmácia ou supermercado (fraldas, chuchas, creme de fralda, entre outros).»

Caso os produtos se estraguem, a Let’s go baby aceita o desgaste resultante de uma normal utilização. «Afinal, estamos a falar de equipamentos utilizados por bebés e crianças. Muitos deles andam de um lado para o outro e é natural que se vão desgastando. Contudo, se o produto estiver muito danificado ou afetar a sua normal utilização, o cliente é responsável pela sua reparação ou compra de um novo produto». Mas tal situação, nunca aconteceu.

E no que diz respeito à limpeza… «Um dos nossos princípios é garantir que os produtos mantém a sua elevada qualidade e, portanto, quando um produto já está de facto desgastado e quando a limpeza já não é suficiente, vendemos em segunda mão de forma a comprar um novo produto», explica Vera.

Também existe a possibilidade de comprar o produto. «Todos os produtos podem ser comprados. Podem ser comprados em segunda-mão mas também podemos vender os produtos como novos», revela.

Saiba como entrar em contacto com a Let’s go baby 

«A Let’s go baby (ainda) não tem loja física, pelo que estamos disponíveis através do e-mail e telefone. Gostaria ainda de acrescentar que já temos vários parceiros com quem trabalhamos: Cabify, Turim Hotels, Altis Belém, Altis Grand Hotel e Lisboa Camping & Bungalows. O grupo Turim Hotels foi a nossa primeira parceria, foram os primeiros a perceber a necessidade do nosso projeto e tem sido uma parceria com ótimos resultados.  Acredito bastante nas parcerias e em como a Let’s go baby pode acrescentar valor a todos aqueles que trabalham com turistas e famílias», avança a mentora do projeto.

E atenção, porque a Let’s go baby vai também estar presente «no Indie Júnior, no Porto, mais concretamente nas sessões de cinema de colo para bebés que se vai realizar nos dias 2 e 3 de fevereiro. A Let’s go baby vai disponibilizar alguns equipamentos de bebé para aprimorar toda a experiência dos pais com os seus filhos durante o festival», finaliza.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda