Histórias Online

«Já me senti culpada por não encontrar a magia que dizem sobre ser mãe»

Histórias Online
publicado há 1 mês
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Bruna Hamú é mãe de Julio, de dois anos. A atriz brasileira não esperava engravidar e confessou como tem encarado a maternidade.

Em entrevista ao Gshow, a jovem revelou que a gravidez não foi planeada e recordou algumas das dificuldades que teve nos primeiros meses do bebé. «Já me senti culpada por não encontrar a magia que dizem… No primeiro mês chorei durante três semanas. As hormonas enlouquecem e demoramos até percebermos o que se está a passar», confessou. «Quando o bebé nasce, perdemos a nossa identidade. Durante o puerpério (período de 45 a 60 dias após o parto) senti muito isso. Foi a fase mais difícil. O primeiro mês foi o mais difícil de todos. Estava completamente vulnerável, as minhas hormonas à flor da pele, chorava o tempo todo, não sabia o que estava a acontecer. Engravidei sem querer e a minha vida mudou radicalmente.»

LEIA TAMBÉM: «Quando vi o meu filho pela primeira vez, não senti um amor arrebatador…»

«Sempre fui independente, fazia as minhas coisas, trabalhava, viajava… e, de repente, estava com um bebé completamente dependente de mim, que não me deixava dormir, nem tomar banho, nem escovar os dentes. Esta parte difícil ninguém te conta. Só se ouve dizer que é tudo muito mágico. Sentia até culpa por não perceber esta beleza toda. A maternidade real não é esta magia. Tem todo um lado emocional que bate», afirmou.

Bruna Hamú, que regressou às novelas após três anos, recordou como foi difícil estar afastada. «Estou muito feliz por voltar, amo o que faço. Mas dói! É sempre difícil na hora de dizer adeus. Ainda mais eu, que fiquei dois anos agarrada ali, dá uma saudade… Mas é importante para nós os dois. Sei que é cliché, mas é um grande presente estar em “A Dona do Pedaço”, do Walcyr Carrasco, com direção de Amora Mautner, pessoas geniais», falou.

LEIA AINDA: «Não amei a minha filha assim que a vi e quero que outras mulheres se sintam normais comigo e com elas»

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda