Histórias Online

«Hoje agradeço a Deus mil vezes esta dádiva de te ter»

Histórias Online
publicado há 4 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Hoje amo-te à luz da lareira e ao som do crepitar da lenha.

Hoje amo-te no silêncio da nossa sala enquanto te seguro nos braços e com toda a minha força prendo o tempo, o mundo e a vida neste momento.

Hoje amo-te na certeza que os dias se dissipam e que em breve estarei a sorrir ao lembrar-me do calor do teu corpo junto ao meu, da maciez da tua pele no meu rosto, da perfeição dos teus sorrisos inocentes.

Leia também: «20 coisas que amo em ti»

Hoje amo-te nos movimentos sôfregos da procura de alimento no meu corpo. De hoje gravo na alma a gargalhada com que encheste o meu coração, a minha alma, o meu dia e a minha vida.

Hoje agradeço a Deus mil vezes esta dádiva de te ter, de te poder tocar, de sentir a toda a hora o teu cheiro, esta cumplicidade no toque de pele com pele.

Hoje sinto que cumpri a promessa de te proteger sempre e juro renová-la todos os dias, a todas as horas, num ato permanente de amor, deste amor soberbo e incondicional, que de tão grande mal cabe no coração e tenho já de o distribuir em beijos e abraços.

Leia ainda: «A carta de amor que nunca te escrevi!»

Mais tarde peço-te que te recordes deste dia e que corras para o meu peito para estes abraços tão profundos, para que permaneçamos tão intimamente ligadas como hoje.

Peço-te, a cada dia, que me deixes amar-te sempre mais um bocadinho, com a mesma intensidade, inocência e entrega de hoje.

 

Texto: Diana Andrade

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda