Saúde

Fique com mais energia depois das férias. Saiba como!

Redação
publicado há 3 semanas
0
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Setembro é a altura do ano em que muitos de nós regressamos ao trabalho, mas ainda a sonhar com as férias. O melhor é pôr mãos à obra, ganhar energia e perder os quilos que teimaram em vir dos dias bem passados em família. A nutricionista Eduarda Alves dá algumas dicas de como comer de forma saudável, ao mesmo tempo que perde gordura e ganha energia.

Regra número 1: É completamente proibido saltar o pequeno-almoço. Pode cair na tentação de começar a diminuir as quantidades logo na primeira refeição, mas isso é um dos principais erros. «Faça um pequeno-almoço nutritivo», começa por dizer a especialista, dando duas ementas como exemplo: «Flocos de aveia com iogurte, frutos vermelhos, lascas de coco, nozes e canela, chá verde ou pão de cereais com queijo e folhas de manjericão com leite de amêndoa com cacau magro e stévia», aconselha.

Pequeno-almoço tomado, é também importante ir comendo ao longo da manhã e o mesmo acontece à tarde. Não guarde a fome toda para o almoço ou o jantar. Fornecer energia constante ao longo do dia é importante para dar ao nosso corpo as doses de força necessárias para nos mantermos ‘rijos’.

Para isso é aconselhável fazer pelo menos quatro ou cinco lanchinhos em menor quantidade e não estar mais de duas horas sem ingerir qualquer alimento. O melhor para comer entre refeições é ter sempre consigo frutos secos, fruta fresca ou um iogurte.

Diga não aos doces e à cafeína

 

Tanto o açúcar como a cafeína injetam energia imediata no nosso corpo, mas essa sensação é apenas passageira. Quando essa euforia passa, é substituída por cansaço, maior ainda do que sentia antes. Além disso, a pastelaria não é a opção mais saudável, já que o seu nível nutricional é muito baixo e a sua quantidade de açúcares e gorduras é muito alta.

É preferível optar por alimentos integrais. Além de nutritivos, fornecendo uma maior quantidade de fibra, são alimentos ricos em carboidratos de absorção lenta, que acabam com o nosso apetite e nos dão um fluxo de energia que permanece durante mais tempo. Os carboidratos passaram a ser o ‘bicho mau’ da dieta, mas a verdade é que a culpa do peso a mais está nos molhos que se colocam por cima. Claro que, comparando com outros alimentos, têm mais calorias, mas o seu consumo é essencial para uma dieta equilibrada e para nos dar a energia que o corpo precisa.

Eduarda Alves aconselha ainda a aumentar a ingestão de magnésio. Dá força, tanto a nível físico como mental e ajuda a conseguir a energia necessária para enfrentar este trabalho árduo e aliviar o stress e a ansiedade que muitas vezes se apoderam de nós. «Esse aumento ajuda a transformar a glicose em energia e a reduzir insónias ligeiras. Pode ser encontrado no gérmen de trigo, na aveia, em nozes, amêndoas, grão, laranja…», afirma. Os alimentos ricos em magnésio ajudam a dormir melhor.

DICAS DE OURO

– Inclua vitaminas do complexo B, que participam na produção de energia e no funcionamento muscular e neurológico. Estão nos cereais integrais, levedura de cerveja, espinafres, agriões;

– Hidrate-se, pois a desidratação causa cansaço e desorientação. Beba água simples ou com pedaços de fruta, hortelã e canela, e coma gelatina sem açúcar;

– Acrescente coenzima Q10 à alimentação, pois ajuda a ter mais energia e a controlar a tensão arterial. Pode encontrar na sardinha, no salmão, na cavala, em nabiças, espinafres…

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top