Histórias Online

«O meu filho não tem rotinas e eu não sou má mãe por causa disso»

Histórias Online
publicado há 2 semanas
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Sou mãe há quatro anos e o meu filho nunca foi criança de ter rotinas.

Quando nasceu, tentei implementar algumas coisas, claro, como qualquer mãe. Mas o facto de ter ficado em casa com os avós até aos dois anos e meio fez com que as rotinas que queria implementar não fossem cumpridas.

Posto isto, ele ficou sem hora certa para as sestas, para comer, para dormir à noite… E sinceramente, estou-me perfeitamente a borrifar para as críticas que vêm de fora e das mães fundamentalistas que tratam os filhos como robots.

O meu filho já anda na escola há dois anos e tem, na instituição, as rotinas típicas da escolinha, mas… ao chegar a casa as coisas não são robotizadas.

Eu não faço as coisas à pressa. Não o ponho no banho à hora marcada. Não o ponho na cama quando “toca”… Eh pah… não! O que tento sempre é que durma o tempo necessário para ter o sono descansado e para acordar bem disposto.

Se não come às 20:30 e come às 21 ou 21:30… que assim seja. Não vou stressar só porque ele se vai deitar nesse dia mais tarde do que o habitual.

Sou muito descontraída e o meu filho também o é. E ele não é mau menino porque não tem essas rotinas e eu também não sou má mãe porque não sigo um calendário certinho. Desculpem, mas não levo a vida assim!

Não sejam fundamentalistas e não critiquem mães, como eu, que não tenham os horários sempre definidos para tudo.

Sejam mais tranquilas e respeitem as opções de cada um, tal como eu respeito as vossas maneiras de educar “certinhas”.

Texto: J.A.

 

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda