Histórias Online

«É difícil ter um filho que não coma, mas também não é fácil ser obrigada a esconder a comida a uma criança»

Histórias Online
publicado há 4 semanas
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um dos grandes receios dos pais é que os filhos não comam como deve ser. E sei que é desesperante que eles não comam. Que cada refeição que passa, eles quase não ingiram nada, que chorem, gritem, mandem tudo para o chão…

Entendo isso tudo!

Mas olhem que o que me aconteceu também não é tarefa fácil. O meu filho sempre comeu muito bem. Não me posso mesmo queixar. O meu problema era mesmo o oposto. O M. não queria parar de comer. Ele só comia, comia e comia, e quando acabava… queria sempre mais! Sempre!

Leia também: As crianças devem comer a quantidade que querem ou o que os pais põem no prato?

Comia o dele, queria vir aos nossos pratos e ainda chorava por mais. Era um desespero vê-lo a olhar para a nossa comida e chorar compulsivamente. Não controlava o apetite.

Mensalmente íamos à pediatra e a “ameaça” era constante: dieta rigorosa.

Mas o que podia eu fazer? Eu cheguei a esconder comida, a tapar a fruta, a tapar as coisas na despensa, a tapar o pão só para ele não ceder à tentação de me pedir. Era horrível.

Por volta dos três anos a situação acalmou, mas até então foi sempre um desespero lidar com esta situação.

Há mais alguém por aí que tenha passado pela mesma situação que eu?

Texto: J.N.C.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda