Bebés/Crianças

Dicas para preparar o cão para a chegada de um bebé

Redação
publicado há 3 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Preparar o cão para a chegada de um bebé é fundamental e o processo deve ser iniciado durante a gravidez. O site Crescer reuniu algumas dicas que vão ser muito úteis para os casais que vão ser pais e vivem com este animal de estimação.

Para que o processo de boas-vindas ocorra de forma serena e tranquila, deve mesmo seguir as dicas que aqui apresentamos. Não espere que o bebé nasça para colocá-las em prática.

Prepare o seu cão para as mudanças

Com a chegada de um recém-nascido, as rotinas de toda a família mudam e o seu cão não será exceção. A atenção será menor e os passeios à rua também. Antes do nascimento do seu filho vá preparando o animal, tente impedir que salte e durma no sofá, por exemplo, que é onde a maioria dos pais coloca a alcofa. Deve também manifestar desagrado com atitudes que tenha menos corretas, oferecendo-lhe uma recompensa sempre que ele não toma uma dessas atitudes. De repente, tudo muda em casa e o quarto vazio fica cheio de mobílias, roupas, carrinhos, brinquedos e um berço. O animal vai estranhar a mudança. Por isso mesmo, deixe-o cheirar os novos elementos da casa.

Visite o veterinário

Não se esqueça de visitar o veterinário para verifique o estado geral de saúde do animal. Se o cão estiver com um comportamento estranho ou agressivo, partilhe essa informação com o especialista e peça ajuda.

Truques para a véspera da chegada do bebé

Antes de entrar em casa com o bebé, traga o primeiro body ou babygrow que ele usar e deixe o seu cão dormir com a peça de roupa, cheirar, lamber, seja o que for. É importante que esteja em contacto com o cheiro do recém-nascido para o reconhecer ao chegar a casa.

Cão em casa quando o bebé chegar

É fundamental que o seu cão esteja em casa quando entrar com o bebé pela primeira vez. É importante acalmar o animal e só depois dar-lhe mimos. Deixe que o seu cão cheire o seu filho de forma natural e calma, mas cuidado com o excesso de contacto nos primeiros dias de vida. Haverá muito tempo para os dois socializarem.

Passeios de família

Assim que conseguir, inclua o bebé nas rotinas do cão como os passeios. Esta é uma excelente forma de unir os membros da família e fazer com que o cão se sinta unido ao novo elemento.

Supervisão é fundamental

Um cão não deixa de ser um animal irracional. Apesar de achar que o conhece muito bem, nunca se sabe se poderá ter alguma atitude inesperada, que vai colocar o bebé em perigo, se, por exemplo, a criança tiver um gesto brusco. O convívio entre ambos é muito saudável, mas não se esqueça de supervisionar.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda