Histórias Online

«Desde que a minha filha nasceu, os meus amigos desapareceram»

Histórias Online
publicado há 3 anos
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Já me tinham dito e já tinha lido em diversos blogues, que quando uma família aumenta, que descobre quem são os seus amigos de verdade.

Sempre achei exagero. Tinha uma grupo coeso de amigos. Alguns deles vinham da adolescência. Jamais me passaria pela cabeça que tal coisa fosse acontecer comigo.

Mas… lá diz o ditado que «quem passa por elas é que sabe»… e assim foi!

Quando engravidei (fui a primeira do grupo de amigos) foi uma felicidade imensa. Toda a gente estava a delirar, todos preparavam surpresas, fizeram-me um Chá de Bebé inesquecível, ofereciam coisas à minha menina… era maravilhoso sentir o carinho que tinham para comigo e com a minha família.

Jamais pensei que aquilo que lia e que algumas pessoas falavam fosse verdade. Achei que era exagero ou paranóia. Mas por incrível que pareça, senti o mesmo na pele. Aqueles que eram os melhores amigos do Mundo desapareceram.

Alguns nem à maternidade me foram visitar e nem a casa. Alguns viram a minha filha quatro ou cinco meses depois de ela ter nascido.

Perguntei o que se passava. Diziam que ainda não tinham tempo. Até que as redes sociais mostravam encontros entre todos, noitadas, risadas, diversão…

Deixei de ter os meus amigos desde que fui mãe.

Houve quem me dissesse com toda a frieza/sinceridade: «Não te convido porque agora és mãe. Já não tens vida para sair!» Aquilo foi como que uma facada no coração. Foi a maior desilusão da minha vida. Senti-me enganada uma vida. As promessas, o amor que mostravam por mim e pela minha filha não pode ter sido sincero.

Não eram verdadeiros. Não podiam ser. Quem se afasta de mim e não quer saber da minha menina, jamais merecerá ter uma presença na nossa vida.

Sofri muito! Ter um filho é uma bênção e é uma vida nova. Mas nunca deixarei de fazer as coisas de mulher e de amiga porque sou mãe. Isso não! Sou mãe, mas também tenho uma vida pessoal e profissional. A vida não acaba! Muita coisa é diferente. Mas não acaba!

E vos garanto… Vocês, “amigos”, perdem muito mais do que eu e a minha filha e o meu marido.

Um dia serão vocês a ter filhos e vão sentir na pele aquilo que me fizeram. E vos garanto: não vão gostar!

 

 

 

Texto: Joana A.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda