Bebés/Crianças

Cuidados a ter com as crianças na praia e na piscina

Redação
publicado há 1 ano
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

No verão, o calor convida a dias na praia e na piscina. E são muitas as preocupações no que diz respeito aos cuidados que se devem ter com as crianças. Fique a par das nossas dicas!

Os mais pequenos não têm noção do perigo e é necessário chamá-los à razão e insistir nos perigos que estão às espreita. Quando se trata de mar ou piscina… todos os cuidados são poucos. Por isso mesmo, o site Crescer dá-lhe alguns conselhos no que diz respeito à segurança infantil na praia e na piscina.

LEIA AINDA: Praia: Lista de coisas a NÃO LEVAR

Cuidados a ter nas praias:

– Perto da água nunca perca a criança de vista e vista-lhe sempre colete ou braçadeiras;

– Vá sempre com a criança até à água e nunca a deixe sozinha nem deixe que ultrapasse profundidades acima da cintura. Esse é o limite e ainda assim é preciso ter muito cuidado;

– Respeite sempre as condições do mar e a cor das bandeiras. Não esquecer:  a bandeira vermelha significa mar perigoso; a amarela, avisa-nos que podemos tomar banho mas com muita com precaução e a bandeira verde, significa que podemos tomar banho e nadar, porém sempre com cuidado.

– A entrada na água, deve ser sempre muito devagar. A criança (e os adultos!) não deve entrar na água de repente. Pode ser muito perigoso!

LEIA TAMBÉM: «O desaparecimento do meu filho»

Cuidados nas piscinas:

– Esteja sempre atento a todos os movimentos, seja dentro de água, seja «apenas» à beira da piscina;

– Nunca a deixe sozinha na água. Convém estar sempre um adulto dentro da piscina a acompanhar a criança. É mais seguro;

– Evite que a criança corra perto da piscina, pois pode escorregar e cair;

– Ensine a criança a não ter determinados comportamentos, como é exemplo, as simulações de afogamento ou aguentar muito tempo debaixo de água. São situações muito perigosa e que podem ter consequências drásticas;

– Nunca deixe brinquedos dentro da piscina pois é uma situação que chama a atenção da criança e pode ser uma distração fatal;

– É fundamental equipar as crianças para estarem na piscina com segurança, sendo os acessórios adequados à idade, sexo e peso da criança. Ainda assim, os pais devem estar sempre alerta;

– Se tem piscina em casa, quando a piscina não estiver a ser utilizada, tape-a com uma tela ou lona de proteção bastante coesa.

 

Fonte: Baby Steps; Imagens da galeria: Decathlon

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda