Bebés/Crianças

Crianças que vivem com cães são mais responsáveis e autoconfiantes

Filipa Rosa
publicado há 10 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ter um cão é benéfico em qualquer idade. Se o seu filho está sempre a pedir um cachorrinho, eis algumas vantagens de ter um amiguinho de quatro patas.

O cão é um dos animais que mais promove a interação com as crianças, sobretudo porque está sempre a pedir carinho e atenção. Isso faz com que os miúdos exercitem a capacidade de interpretar diversos tipos de linguagem. Exige cuidados frequentes, como banhos, passeios e alimentação diária, o que ajuda a aguçar o senso de responsabilidade das crianças.

Ter um animal de estimação estimula a autoconfiança da criança, a preocupação e o cuidado com o outro, tornando-as mais afetuosas, altruístas e socialmente abertas às necessidades alheias. Torna-as também mais responsáveis e sensíveis.

Rafeiros, beagles, cockers, boxers, golden retrievers e labradores são raças mais robustas e amigáveis e, por isso, indicadas para todas as crianças, especialmente as mais pequenas, na faixa dos três ou quatro anos.

Já os animais que têm menos de um quilo e meio, são muito frágeis, ou os de grande porte não são uma boa opção para crianças até essa idade.

Regras a ter em conta

  • Ensine o seu filho a não beijar o animal e a manter uma certa distância do nariz e da boca.
  • Ensine a criança a lavar as mãos depois de brincar com o animal, principalmente antes de comer.
  • Os vermes e as pulgas são facilmente tratados com vermífugos e remédios.
  • Se o animal ficar doente, com alguma infeção ou doença de pele, afaste-o da criança até que o tratamento esteja concluído.
  • Desde o primeiro dia, diga ao seu filho que o animal não deve ficar na cama e faça-o ensinar essa regra ao animal.
  • Tenha as vacinas do seu animal sempre em dia.

Ter um cão torna as crianças mais saudáveis

Em 2017, um estudo realizado por uma universidade do Canadá comprovou que os cães reforçam o sistema imunológico dos bebés e diminui o risco de desenvolverem doenças alérgicas, para além de os protegerem da obesidade. Os cientistas analisaram dados de 700 bebés, sendo que 46 por cento deles conviveram com pelo menos um cão desde a barriga da mãe (nos últimos seis meses de gestação) até os três meses após o nascimento.

Vários estudos já tinham comprovado que o convívio das crianças com cães, ou cachorros, é benéfico para evitar dermatites e asma, para além de as deixar mais ativas e menos ansiosas.

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda