Histórias Inspiradoras

Caturra: Os artigos de bebés que estão a encantar os pais em Portugal

Filipa Rosa
publicado há 2 meses
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

São muitas as mulheres que optam por mudar de vida depois de serem mães. E Catarina Balão é um bom exemplo disso. A necessidade de se dedicar aos filhos a 100 por cento, levou a jovem de 31 anos a lançar a marca Caturra. O site Crescer entrevistou-a.

Quando uma marca de artigos de bebé faz sucesso no mundo da maternidade, poucas são as mães que se questionam sobre a história de vida de quem confeciona os produtos que vão decorar o quarto do seu filho ou que vão surpreender aqueles que os recebem como presente. Mãe de Vicente, de quase quatro anos, e Alice, de um, Catarina é a mentora da Caturra, uma marca de placas de madeira lindas e perfeitas para assinalar a chegada, o nascimento e os meses do bebé, mas não só. Também tem placas para assinalar a gravidez, as datas mais importantes da vida do bebé e até para servir como convite para o padrinho ou madrinha.

A paixão pelas artes manuais

«A ideia surgiu há quatro anos quando, já mãe do meu filho mais velho, o Vicente, chegou a altura de regressar ao trabalho. Não queria regressar, queria fazer alguma coisa que me permitisse ficar mais presente na vida dele. No entanto faltou a coragem», começa por contar-nos aquela que só decidiu avançar com o seu sonho quando chegou o segundo rebento. «Quando engravidei da minha filha mais nova, a Alice, tinha mesmo que ser. O Vicente ia entrar no pré-escolar, eu não queria ter horários para que pudesse acompanhá-lo o máximo possível sem ter que pedir favores ao patrão.»

Sempre teve jeito para artes manuais e aproveitou essa paixão quando engravidou pela primeira vez. «Até comprei uma máquina de costura para fazer a colcha da cama com almofadas a combinar, a almofada de amamentação, esse tipo de coisas que uma mãe de primeira viagem gosta muito», diz-nos, revelando a sua principal fonte de inspiração. «Inspiro-me em marcas australianas com produtos do género. Eles lá produzem este tipo de artigos com muita qualidade e muito bonitos. Basicamente tento importar um ‘conceito’. Depois são as clientes que me vão desafiando. Há produtos que, não tendo visto em lado nenhum, pelo menos da forma que os apresento, surgem da tentativa/erro que vai havendo durante as conversas com as clientes», afirma.

O carinho do público

O feedback, no geral, não podia ser melhor. «As pessoas são tão amorosas que tenho medo de algum dia não conseguir corresponder. Não tenho o hábito de partilhar feedbacks nas redes sociais. Faço-o muito raramente quando por acaso recebo alguma mensagem que me toca especialmente por alguma circunstância. Mas não exagero se disser que todos os dias recebo mensagens de carinho de alguém que acabou de receber o pedido e vem parabenizar pela qualidade e pelo amor que se nota que tenho pelas peças, ou alguém que vem partilhar a fotografia que tirou ao produto ou apenas mandar imagem do bebé, ou do bebé com a peça…», refere aquela que considera o carinho das pessoas a melhor recompensa de todas. «É muito mais do que aquilo que eu algum dia esperei, independentemente se vendo mais ou menos. Obviamente que o objetivo é concretizar as vendas, mas só pelo carinho das pessoas já vale tudo a pena.»

Quando nasceu o pequeno Vicente, a vontade de criar, produzir e surpreender despertou na vida de Catarina. No entanto, o sonho desvaneceu. «Nessa altura comecei a partilhar esta vontade com o meu círculo mais próximo, o que me diziam era que toda a gente depois de ser mãe queria fazer alguma coisa relacionada com os bebés… Acabei por ficar a achar que talvez fosse o meu caso e depressa me passasse a vontade.» Mas não ficou por aí. E o espírito de empreendedora veio ao de cima.

«Na verdade a minha vontade foi sempre estar mais presente na vida dos meus filhos. Mas é preciso ganhar dinheiro para lhes dar a qualidade de vida que queremos que tenham. Então tive que arranjar uma solução ao meu alcance, de fácil concretização e que não tivesse muita concorrência. As coisas foram surgindo. Os clientes vão-me levando para onde querem. A Caturra inicialmente tinha surgido para produzir brinquedos…»

Os artigos mais procurados e vendidos

Segundo Catarina, os quadros de nascimento são os presentes mais pedidos. Os nomes de parede, os milestones e as placas circulares com o nome dos bebés ou com convites para padrinhos também estão nas preferências dos clientes da Caturra.

A fisioterapia que deixou para trás

Para seguir o caminho do empreendedorismo, Catarina abdicou da sua carreira de fisioterapeuta. Apesar de não ter sido uma decisão fácil, a jovem nunca se arrependeu de lutar pelo seu sonho. «Na hora de tomar a decisão custa muito. Sou uma pessoa de dar a volta. Se algo me acontece o que faço é arregaçar as mangas e resolvo! Simples! Neste caso, seria eu a ter que tomar a decisão de mudar. Mudar 10 anos de profissão. Um contrato de trabalho com nove anos, onde o vencimento era quase o dobro da média da minha classe… Tanta gente à procura de emprego na área e eu a ‘desperdiçar’ – era o pensamento que mais me ocorria. Mas depois sentir o suporte da minha família foi fundamental», confessa.

A vontade de lançar um projeto pessoal já existia há muito tempo, mas faltava a coragem para avançar. «A decisão estava tomada na minha cabeça há muito tempo. Era só concretizar. E não me arrependi um minuto ainda. Faço a gestão do meu horário. Trabalho muito mais, é um facto. Mas sei que se, de repente, o meu filho tem uma consulta ou a minha filha ficou doente ou até dormiu pior de noite e fica um pouco mais pela manhã, eu posso acompanhar. Não tenho horários…», explica Catarina, que consegue matar saudades da profissão de vez em quando. «Talvez não custe tanto porque continuo a tratar alguns pacientes em domicílio e ainda vou uma tarde por semana a uma clínica. Mas acho que se tivesse que deixar definitivamente não me custaria.»

Informações da Caturra:

Facebook

Instagram

E-mail: hello@caturra.pt

FOTOS: Agradecimento especial às fotógrafas Brigida Brito e Tinkerbell Studio.

Veja algumas imagens na nossa galeria:

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda