Bebés/Crianças

Calendário solidário proporciona a crianças especiais um Natal “quentinho”

Andreia Costinha de Miranda
publicado há 1 mês
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Dezembro é o mês da família, da compaixão e também da solidariedade. É em dezembro que se criam campanhas de apoio para diferentes associações, para organizações, mas não só!

Este é o mês em que muitas famílias, por diferentes razões, passam a quadra festiva de uma forma mais triste e solitária.

Cada mês corresponde a uma história de vida que merece ser conhecida e valorizada

Por forma a contrariar esta realidade, Patrícia Faria, mãe cuidadora de uma criança de seis anos, teve a ideia de ajudar algumas famílias a passarem esta quadra de uma forma mais “quentinha”.

Juntou doze crianças com necessidades especiais, para um calendário solidário cheio de ternura. Cada criança corresponde a um mês do ano. Cada mês corresponde a uma história de vida que merece ser conhecida e valorizada.

Por isso mesmo, Patrícia colocou “mãos à obra” e entrou em contacto com vários patrocinadores. Um deles foi Artur Oliveira Ferreira, fotógrafo de profissão, que se disponibilizou «de imediato» para colaborar nesta produção especial.

Juntamente com Ana, esposa e assistente na sessão fotográfica, tornaram esta manhã diferente para as 12 crianças. «É muito emocionante poder ajudar numa iniciativa destas. É um privilégio», garante Ana Duarte, com as lágrimas nos olhos.

Mas a verdade é que este dia ficará marcado na memória também destes profissionais. E o resultado está “à vista” na nossa galeria e também na nossa reportagem em vídeo – que pode ver no final do artigo.

«É sempre importante ajudar quem mais precisa»

Também Nuno Almeida, Account Manager da gráfica IMACX, conversou com o site Crescer sobre esta iniciativa na qual a empresa acedeu ao pedido de ajuda por parte de Patrícia Faria. «Recebemos o pedido de forma cuidada e socialmente responsável. Ao ouvirmos a causa, soubemos que tínhamos e podíamos ajudar», começa por nos contar.

E qual a importância de participarem numa iniciativa solidária como esta? «É sempre importante ajudar quem mais precisa. Na IMACX estamos sempre atentos a todas as causas sociais, e esta, como se trata de crianças, é impossível ficar indiferente», responde.

Patrícia pediu 100 calendários por criança, mas os responsáveis da IMACX surpreenderam. «A Patrícia revelou qual o objetivo em termos de valor para ajudar cada criança e pareceu-nos que com 100 calendários por criança, era difícil chegar ao objetivo. Como tal, propusemos 200 calendários por criança. Todas as causas para ajudar os mais desfavorecidos são nobres. Mas sim, quando se fala em crianças toca mais no coração de todos, e era realmente impossível ficar indiferente a esta causa», continua.

E no que diz respeito ao balanço desta iniciativa… «O balanço é sempre positivo. Se conseguirmos facilitar um pouco a vida destas crianças, vale sempre a pena. Pensamos que é importante todas as empresas terem um pouco de responsabilidade social, e tentar retribuir o seu sucesso para a sociedade, podendo ajudar causas nobres como estas», finaliza.

Cada criança terá “nas suas mãos” 200 calendários

São histórias reais de surpresa, de luta, de amor e, acima de tudo, de muita esperança.

Cada criança terá “nas suas mãos” 200 calendários. Cada calendário tem o valor de cinco euros. As receitas revertem, na totalidade, para os mais novos que participam nesta iniciativa.

São 12 meses repletos de esperança e de sorrisos, que nos fazem acreditar que pequenos passos nos levam sempre a grandes conquistas.

Conheça as histórias de Santiago, Dinis, Pedro Lobão, João Moinhos Amorim, Alice, Afonso, dos irmãos João e Luís, dos gémeos Lukas e Matheo, de Shamir e de Tiago.

 

 

Fotos: Artur Oliveira Ferreira (Av. Embaixador Aristides Sousa Mendes nº5 Loja B, Mem Martins, Lisboa, Portugal)

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda