Histórias Online

«As mães fundamentalistas são um “cancro” para quem quer viver em paz»

Histórias Online
publicado há 1 mês
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Se não amamentas, seja ou não por opção… és má mãe!

Se deixas o teu filho na escola e estás de folga… não deverias ter nascido!

Se não tens hora marcada para dar banho e para deitar a criança… é porque és a pior do mundo!

Se tens uma opinião diferente da maioria das mães, és crucificada em plenas redes sociais…

Se dizes que nunca conseguirias ser mãe a tempo inteiro… não devias ter a oportunidade de gerar um ser!

Se te separas do teu companheiro com um filho ainda pequeno, não sabes o que é lutar por um amor em prol do bem-estar dos filhos…

São situações atrás de situações que me cansam e me fartam. Há pessoas (principalmente mulheres) que opinam sobre tudo e mais alguma coisa.

Leia também: «As mulheres fazem bullying umas às outras!»

Que falam do que não sabem e que acham que as suas opiniões são verdades absolutas.

Estou farta destes fundamentalismos e de mulheres que só sabem criticar e apontar o dedo às outras. Cansa!

Cada uma tem a sua forma de educar! Cada uma é que sabe da sua vida!

Deixem-se de merdas e dediquem o tempo livre que têm a darem amor aos vossos filhos em vez de estarem sempre a criticar tudo e todos.

Ninguém tem a verdade absoluta nas mãos. O que para mim é ótimo, para vocês pode não ser. E vice-versa.

Deixem-se disso e sejam pessoas íntegras e que saibam viver em sociedade. O mundo era muito melhor se cada um vivesse a sua vida em paz.

Texto: Anónimo

 

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda