Gravidez

5 coisas que uma mulher grávida NÃO DEVE FAZER

Redação
publicado há 4 meses
1
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Engravidar é o sonho de muitas mulheres e quando o teste de gravidez dá positivo, a alegria é imensa e toma conta do nosso interior de uma forma única. São tantos os pensamentos e as emoções que até pensamos que é mentira!

Se por um lado ficamos eufóricas em saber cada vez mais sobre o crescimento do nosso bebé, por outro, a mulher grávida é bombardeada com palpites vindos toda parte: tias, avós, amigas, pessoas que nem conhecemos com palpites sobre o que devemos ou não fazer.

São tantas dicas e truques que ficamos na dúvida, quais realmente estão corretos e que produzem resultados satisfatórios? Será que aquelas ideias do teste caseiro da amiga, aquela recomendação de não ficar perto de gatos, não alisar o cabelo, procurar o equilíbrio interior ou a calculadora de gravidez realmente funcionam?

5 coisas que as mulheres grávidas não devem fazer em hipótese alguma!

Confiar no teste caseiro de gravidez

Primeiro, tenha cuidado com os testes caseiros de gravidez, eles nunca são 100 por cento confiáveis. Existem fatores externos que alteram o resultado: a cor da urina, a sua textura, o ambiente externo, a forma da colheita, a esterilização do recipiente utilizado, entre outros. Em alguns casos, você coloca a sua saúde e a do seu bebé em risco.

Por exemplo, o teste do cotonete, há um grande risco de ferir o colo do útero e se já estiver grávida ainda pode prejudicar o bebé.

Em vez disso, opte pelo teste de gravidez de farmácia, eles têm a garantia de 99 por cento de certeza. E depois, deverá dirigir-se ao centro de saúde mais próximo e pedir um teste de sangue, é grátis e seguro, basta informar-se!

Ficar muito próxima de gatos

Por mais que digam que não há problema, cuidado com a exposição aos gatos. Gatos são um dos transmissores da doença chamada Toxoplasmose, que é causada pelo protozoário parasita Toxoplasma gondii. Se a doença for contraída na gestação, pode não só comprometer o desenvolvimento do bebé como a má formação fetal, sequelas neurológicas, problemas oculares, mas também pode levar ao aborto.

Caso você tenha gato, não entre em pânico! Os gatos podem transmitir a doença, mas para isso ocorrer eles devem estar infetados. Caso desconfie disso, é só fazer um exame de sangue ao felino.

Depois do seu teste de gravidez dar positivo, não custa nada redobrar a atenção com estes cuidados:

O ideal é ser outra pessoa a limpar diariamente a caixa sanitária do gato, pois assim a grávida não terá contacto com as fezes. Caso não tenha outra opção, utilize luvas e depois lave bem as mãos.

Não alimente os gatos com carne crua, vísceras ou ossos e não permita que saiam de casa para que evitem o hábito da caça.

Combater vetores, como insetos, por exemplo.

Preste ainda atenção às vacinas, intensifique a higiene do local e garanta a sua proteção e do seu bebé.

Alisar o cabelo

Assim que o teste de gravidez for confirmado, deve pensar com carinho se vale a pena alisar o seu cabelo.

É muito perigoso o contacto com substâncias tóxicas presentes em algumas tinturas e alisamentos. Sabia que a amónia pode ultrapassar a placenta e também prejudicar o desenvolvimento do seu bebé?

Fuja dos produtos para cabelo à base de amónia, já que existem no mercado tintas à base de henna que não prejudica a sua gravidez.

Se não consegue viver sem um cabelo liso, opte em fazer uma escova no cabelo e, assim, continuará linda na gravidez, que, por sua vez, é um momento sublime na beleza da mulher.

Stressar com facilidade

O stress é um sentimento que quase todas as mulheres passam na gravidez, mas cuidado, ele também pode comprometer a sua saúde.

A falta de paciência, inclusive, no início da gravidez, pode levar ao aborto espontâneo ou durante a gravidez ocorrer um parto prematuro.

Isso acontece devido às hormonas chamadas adrenalina e cortisol, o primeiro, quando liberado em excesso, sobrevém riscos para a saúde da mulher, diminuindo o fluxo da corrente sanguínea. O segundo, afeta os níveis de progesterona, hormona que preserva o bom andamento da gravidez.

Relaxe e faça muitos passeios!

Confiar na calculadora de gravidez

As calculadoras costumam definir a data provável do parto, mas sem certezas.

A mulher grávida que fica dependente destas datas, pode antecipar ou retardar algumas ações, como por exemplo, o enxoval e até mesmo a mala da maternidade. Existem alguns fatores como pressão alta, ansiedade, diminuição do líquido amniótico, entre outros, que também podem antecipar o parto e o bebé nascer prematuro.

Reflita sobre estas cinco coisas que uma grávida não deve fazer, pois os riscos são maiores do que os benefícios e as consequências podem até mesmo serem fatais. A grávida deve sempre acompanhada por um ginecologista e fazer todos os exames!

Texto: Thais Nabas do blogue Cuidando da Mamãe

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda