Saúde

10 conselhos para prevenir lesões na coluna relacionadas com acidentes de mergulho

Redação
publicado há 1 mês
0
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Leia o artigo de opinião de Miguel Casimiro, neurocirurgião e presidente da Sociedade Portuguesa de Patologia da Coluna Vertebral.

Os acidentes de mergulho são uma das principais causas de lesão na coluna vertebral provocando um impacto bastante significativo na qualidade de vida da vítima, que pode ficar tetraplégica ou paralisada nas pernas, e em casos mais graves, pode morrer. Os jovens com menos de 35 anos são o principal grupo de risco.

As lesões em mergulho ocorrem geralmente quando a cabeça bate no solo ou numa rocha. Além da baixa profundidade do local (seja praia ou piscina), os acidentes de mergulhos podem estar relacionados com a adoção de comportamentos de risco e com uma postura incorreta durante a execução do mergulho.

Se presenciar um acidente e/ou suspeitar de uma lesão da coluna, deve contactar de imediato o 112 e chamar uma ambulância.

Não deve mover a pessoa, uma vez que qualquer movimento numa coluna já danificada pode causar danos permanentes.

Para prevenir riscos para a sua saúde, tome em conta os seguintes conselhos:

• Não mergulhe numa zona que desconhece e em lugares não vigiados ou não iluminados;
• Mantenha-se sempre na zona supervisionada;
• Verifique a profundidade do local e não mergulhe em águas rasas (com menos do dobro da sua altura);
• No mar, “não se atire de cabeça”. Entre sempre primeiro a andar;
• Na piscina, escolha o local onde vai mergulhar de acordo com as indicações de profundidade do local, respeitando sempre a sinalização;
• Assegure-se de que não existem obstáculos no local onde vai mergulhar, como rochas ou bancos de areia;
• Mergulhe com os braços em extensão e mãos à frente, de modo a proteger a cabeça;
• Evite comportamentos de risco, como mergulhar de costas ou em corrida;
• Não beba bebidas alcoólicas antes de mergulhar;
• Nas piscinas, não mergulhe perto de outras pessoas.

Texto: Artigo de opinião de Miguel Casimiro, neurocirurgião e presidente da Sociedade Portuguesa de Patologia da Coluna Vertebral

Siga a Crescer no Instagram

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top
Botão calendário

Agenda

Consultar agenda