Histórias Online

Birras… um dos maiores flagelos de todos os tempos

Histórias Online
publicado há 2 semanas
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Senhoras e senhores, apresento-vos as birras. Meninos e meninas, não precisam de apresentações.

Não sei se já alguém as declarou como sendo um dos maiores flagelos de todos os tempos. Mas devia.

Devia haver um dia internacional da Birra, um dia por ano em que se debatesse esta temática e vozes que entoavam melodias de apoio a quem sofre este tormento.

Ninguém nos prepara para isto… a sério, por mais que digam que é difícil, que é tortura, que levam pessoas a testar os seus limites e ainda assim conseguirem manter alguma sanidade mental. NÃO SE PREPARA NINGUÉM PARA ESTE CASTIGO.

Sinto que precisava de me dividir em três para poder dar um pouco de atenção mais particular a cada uma mas isso é um dos senão de ter irmãos. O milagre da multiplicação só se deu com os filhos mas não aconteceu com os pais que continuam apenas dois e na maioria do tempo apenas a mãe.

Mesmo tentando compensar esse facto e planeando coisas giras e diferentes terei sempre uma grande probabilidade de não agradar a uma delas o que provoca em nano segundos uma tempestade de sentimentos, com choro e algumas palavras que não consigo entender o que ainda as deixa mais frustradas.

E é mesmo uma pena que esta fase tão engraçada, cheia de descobertas e dúvidas e certezas simultâneas venham de braço dado com as birras.

E se em bebés conseguimos dar o desconto porque, perdoem-lhes, não sabem o que fazem. Nesta fase sabem bem o que nos tira do sério e qual acto de magia são sempre essas as primeiras atitudes a sair do saco…

Agora vou ali relaxar um pouco em frente à TV enquanto devoro um episódio refastelada na paz e sossego que só o óó proporciona! (mas devia estar a passar a ferro!)

Texto: Filipa Gonçalves, no blogue Hands Full
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Artigos relacionados

Últimas

Top